top of page

ANO NOVO BÍBLICO - UM PORTAL DE OPORTUNIDADE


O Hosh Hashanah é o ano novo BÍBLICO; alguns consideram o ano novo judaico, só que quando o Senhor instituiu a Festa de Ano Novo, no mês de Tishrei – para startar um novo ciclo, foi bem antes de Israel ter saído do Egito rumo à Terra Prometida. Enquanto grande parte do mundo segue o calendário gregoriano e celebra o ano a partir do nascimento de Jesus, Israel celebra o ano sequenciado no calendário bíblico, e a festa é incrível, pois é precedida do _Yom Teruah_, Festa das Trombetas, que anuncia a nova temporada e abertura do portal.


O ano novo Bíblico está em 5.784 (lembrando que estamos em setembro de 2023), e os que creem na Bíblia, tanto judeus, como cristãos, que são antenados com a figueira que floresceu (Lucas 21), comemoram a abertura do novo ciclo, que será de 15 a 17 de setembro. O que temos nesse tempo? O que a destra promulga: Uma colheita extraordinária, e um ano doce como mel e saboroso como a maçã. “E falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel, dizendo: No mês sétimo, ao primeiro do mês, tereis descanso, memorial com sonido de trombetas, santa convocação. Nenhum trabalho servil fareis, mas oferecereis oferta queimada ao SENHOR.” (Levítico 23:23-25)


A Festa das Trombetas é sinalizadora da mudança de atmosfera para que se abra um PORTAL. Aqui se inicia o ano novo Bíblico, a transformação de um povo que deverá proclamar seu novo ciclo e bradar que o Senhor não muda e Sua fidelidade se estende de geração em geração. O ano novo é para que todos saibam que o Deus da Palavra cumpriu exatamente o que disse a Seu povo, e lhes deu livramentos contra seus adversários, e promoveu a colheita dos seus termos. São dois dias de celebração pela fidelidade do Senhor. O Yom Teruah é o dia do Brado de Vitória, então, começa o ano novo Bíblico.


Os homens de Deus são responsáveis para manter a chamada das Festas Bíblicas que são sinalizadoras proféticas para tempos e estações. “Então o sacerdote os moverá com o pão das primícias por oferta movida perante o SENHOR, com os dois cordeiros; santos serão ao SENHOR para uso do sacerdote. E naquele mesmo dia apregoareis que tereis santa convocação; nenhum trabalho servil fareis; estatuto perpétuo é em todas as vossas habitações pelas vossas gerações. E, quando fizerdes a colheita da vossa terra, não acabarás de segar os cantos do teu campo, nem colherás as espigas caídas da tua sega; para o pobre e para o estrangeiro as deixarás. Eu sou o SENHOR vosso Deus.” (Levítico 23: 20-22)


As Festas Bíblicas são uma convocação eterna para honrar ao Senhor e sinalizar uma nova conquista para os Seus filhos. _“Depois falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: As solenidades do SENHOR, que convocareis, serão santas convocações; estas são as minhas solenidades.” (Levítico 23:1,2)_. Cada pessoa poderá dar seu testemunho do quanto o Senhor foi bom, e nessa entrada do ano novo, todos começam a reflexão para saber onde erraram, e consertam suas falhas e pedem perdão pelos seus atos pecaminosos contra Deus, o próximo e a sociedade. Isso faz com que Israel entre no novo ciclo sem culpa e celebre a Festa da Colheita com legalidade, e tenha o direito de fazer grandes coisas no Nome do Senhor.


Depois da Festa das Trombetas se celebra Hosh Hashanah – o ano novo bíblico que segue com o Yom Kippur e a Festa da de Sukot. “E falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel, dizendo: Aos quinze dias deste mês sétimo será a festa dos tabernáculos ao SENHOR por sete dias. Ao primeiro dia haverá santa convocação; nenhum trabalho servil fareis. Sete dias oferecereis ofertas queimadas ao SENHOR; ao oitavo dia tereis santa convocação, e oferecereis ofertas queimadas ao SENHOR; dia de proibição é, nenhum trabalho servil fareis.” (Levítico 23:33-36)


Feliz Festa!

Chag Sameach!

Umetuká!

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page