Ansiedade, como lidar no campo da fé


“Meus irmãos, tomai por exemplo de aflição e paciência os profetas que falaram em nome do Senhor.” (Tiago 5:10)


Não é por sermos crentes que não temos assaltos emocionais. A Igreja Primitiva sofreu muitos ataques para conservação da fé. Mesmos sendo líderes que crêem


, não significa que não teremos nossas lutas e limitações. Quando a Palavra adverte que muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas, ficamos nos perguntando o porquê dessas aflições? Simples, porque somos humanos e temos limites.


A diferença entre nós e a sociedade externa é que temos o exercício da fé e a Palavra vai nos moldando. Somos homens e mulheres sujeitos a qualquer paixão, mas, pela fé, podemos contemplar milagres. Essas crises e ansiedades podem ser governadas no espírito. Você lembra do profeta Elias? Ele teve muitas guerras e em todas elas saiu vitorioso, tendo a maior experiência de translado que pode ser registrada na vida de um líder. Porém, Elias teve suas crises, mas saiu vitorioso. Sejam medos ou ansiedades, veja que a Palavra de Deus não omite a crise do profeta, a Palavra não esconde os sentimentos de um líder.


“Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores. Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração do justo pode muito em seus efeitos. Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. Irmãos, se algum dentre vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter, saiba que aquele que converter um pecador do erro do seu caminho, salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados.” (Tiago 5:13-20)


Eu acho magnífico como a Bíblia pega os Heróis da Fé e trabalha, de forma singular, o conteúdo de relacionamento deles com Deus. Elias, um homem de milagres, de atos proféticos poderosos, mas também de grandes momentos de ansiedade. Elias é conhecido como homem de prodígios, mas homem sujeito à paixões humanas. Isso nos mostra que, mesmo sendo homem de Deus, não podemos desprezar nossos momentos nem ignorar nossos sentimentos. Porém, no campo da fé, podemos domar as emoções negativas que queiram nos fragilizar. É possível controlarmos e eliminarmos a ansiedade fazendo o que a Palavra ordena: Se você está ansioso (aflito), chame o Presbítero da Igreja (Pastor) e orem por aquele que está aflito, enfermo, e a oração da fé salvará o enfermo.


Com essa atitude, com toda seriedade diante de Deus e dos homens, nós vamos avançar tendo mais êxito nas jornadas que nos cercam e o medo que nos rodeia. E, no campo da fé, é possível eliminarmos essas sensações que estão atormentando a geração do século presente.


Renê Terra Nova

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram