Cristo é o Fundamento


“Porque ninguém pode colocar outro fundamento além do que está posto, o qual é Jesus Cristo!” (I Coríntios 3:11)


Se o Evangelho da Graça isentar Cristo, o fundamento é falso. Jesus, em tudo, é o centro do propósito e da legalidade para a Igreja viver Sua chamada. Desde os dias de Paulo que se criavam evangelhos que não tinham o fundamento em Cristo, mas em estruturas humanistas, e muitos, debaixo de extremas heresias. É fácil fazer apologias impressionistas, e só deixar de se concentrar na proposta que Jesus deixou, e falar do que Ele nunca anunciou: Pregue a Palavra. Os gálatas, por serem místicos e absorverem doutrinas estranharas, saíram do Evangelho da Graça para adotarem outro evangelho que não era o de Cristo, e foram severamente corrigidos.


“Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo disse