top of page

Geografia da COLHEITA, a que mais agrada o coração de Deus (3


“Então, disse aos seus discípulos: A ceifa é realmente grande, mas poucos os obreiros. Rogai, pois, ao Senhor da ceifa, que mande obreiros para a sua colheita.” (Mateus 9:37,38)


Quem é mais importante na obra da criação? O homem, é claro! E isso faz toda a diferença para você entender que o Senhor traçou um plano para nos reconciliar com Cristo Jesus. “E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.” (2 Coríntios 5:18,19).


Essa bênção que o Eterno traçou para nos devolver à dignidade e nos fazer cidadãos do Reino não tem como ser desprezada. Bem, tudo foi pensado para que essa colheita fosse, de direito e de fato, conquistada. Jesus é a semente viva que veio do Céu e brotou na Terra, e nós somos a resposta da sua colheita aqui na geografia onde vivemos.


Temos o privilégios de ser alcançados por Ele e transformados na força do seu poder. Quando eu lembro quem eu era e me avalio quem eu sou, não tenho palavras para agradecer e saber que eu sou um daqueles que está no campo, pronto para ser colhido e, claro, ser integrante oficial no celeiro de Deus. Quem poderá negar essa bênção na nossa geração? Quem é esse homem para que dEle encontrasse favor, e quem é esse líder, como você, para que possa representá-lO na terra dos viventes?


“Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, as aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares. Ó SENHOR, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a terra!” (Salmos 8:3-9)


O Senhor não nos salvou para um por acaso, Ele nos fez para o louvor da sua glória. Como assim? Sou sua legalidade aqui na terra, um semeador da boa semente, eu represento Jesus e o seu Reino, e faço com que seu Nome seja exaltado aqui na Terra. Isso é uma missão árdua, porém, por demais gratificante, pois tenho a legitimidade para avançar no Reino e trazer vidas para essa geografia mais importante que existe. Não podemos ficar de fora da responsabilidade que Ele nos Deus, somos seus autênticos representantes. Alargar as tendas e fronteiras é um dever de quem nasceu de novo e, pela sua misericórdia, Ele nos fez representantes do Reino. “De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” (2 Coríntios 5: 20,21)


Continua…

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page