Instruídos à MESA


“E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua MESA e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.” Dt 6:7


Um dos lugares mais poderosos para se ministrar e corrigir é na mesa. Quando o Senhor ordenou a Israel que ouvisse Sua voz, ainda não existiam Igrejas, Sinagogas nem lugares consagrados para instruções sagradas. O primeiro lugar que Ele escolheu foi a mesa da casa dos patriarcas. Cada homem em Israel era o sacerdote da sua família, para que a doutrina e os princípios fossem elucidados, a partir de um dos lugares mais sagrados do MUNDO, a mesa da nossa casa. Imagina uma nação inteira, na qual o maior conteúdo que esse povo recebia era a TRADUÇÃO ORAL, e a responsabilidade era do sacerdote de repetir fielmente a história do povo e do DEUS do povo. Isso mudou a história da nação mais poderosa do MUNDO, uma nação exemplo, onde até o dia de hoje, uma vez por semana, eles param para reforçar o maior evento da história da humanidade, a LIBERTAÇÃO.


O problema, é que temos muito conteúdo, e lançamos em ambientes e geografias que não consolidam o que falamos nem cumprem o que o Eterno ordena. Quando consagramos nossa casa ao Senhor, milagres novos começam a acontecer e prodígios, jamais sonhados, começam a se manifestar. O problema é que super valorizamos as geografias alheias e desprezamos nossas geografias de herança. O sucesso de Israel, não era o que se ensinava e se ensina em Sinagogas, mas as experiências poderosas vividas à mesa da casa.


Nossa MESA será o melhor lugar do mundo, quando recobrarmos a confiança daqueles que nos ouvem. Veja esta ordem: “Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua MESA e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.” (Deuteronômio 6:4-9)


Quando nós entendemos que o Senhor está requerendo a comunhão à mesa, ficamos até constrangidos e alguns se perguntado: “Como recobrarei essa comunhão nessa intensidade?”. O nosso testemunho pessoal é suficiente para restituir todo tempo perdido e trazer de volta a comunhão que levaram ilegalmente quando não tínhamos a revelação da mesa. A MESA foi criada para se passar instruções do cotidiano, mas o objetivo central (na Palavra) é provocar uma reflexão de quem é Deus, e trazer a glória dEle para esse ambiente de comunhão.


Uma casa que tem PAZ à MESA é o lugar mais agradável. A casa isenta de paz é um território tenebroso. Por isso, nossa insistência é que a nossa MESA se torne um lugar de instrução, para que nossa descendência seja desatada e nós, como patriarcas, nos alegremos com o sucesso dos nossos filhos. “E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua MESA e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.”


Renê Terra Nova

35 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram