top of page

JERUSALÉM É NOSSA FONTE - Parte 02


“Eu, porém, vos digo que de maneira nenhuma jureis; nem pelo céu, porque é o trono de Deus; Nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei.” (Mateus 5:34,35)


Não existe uma promessa mais perfeita que esta, e Quem a fez pode cumpri-la: “Somente se essas leis deixarem de estabelecer a ordem do universo e desaparecerem da minha presença”, declara o SENHOR, “deixarão os descendentes de Israel de ser uma grande nação diante da minha pessoa hoje e sempre!” (Jeremias 31:36). Veja, o nível de comprometimento de Deus com a Sua nação, e como Ele a protege. Claro que Deus não eliminou as outras nações, mas deixou Israel para ser matriz das nações da Terra, e, Jerusalém, a matriarca das cidades. Isso mostra a grandeza e interesse de Deus em manter a doutrina e mostrar que Israel é a religião, e Jerusalém a matriz modelo dos valores espirituais. “Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei? Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre. Todavia, o que era da escrava nasceu segundo a carne, mas, o que era da livre, por promessa. O que se entende por alegoria; porque estas são as duas alianças; uma, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar. Ora, esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos. Mas a Jerusalém que é de cima é livre; a qual é mãe de todos nós. Porque está escrito: Alegra-te, estéril, que não dás à luz; esforça-te e clama, tu que não estás de parto; porque os filhos da solitária são mais do que os da que tem marido. Mas nós, irmãos, somos filhos da promessa como Isaque. Mas, como então aquele que era gerado segundo a carne perseguia o que o era segundo o Espírito, assim é também agora. Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre. De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre.” (Gálatas 4:21-31)


Nós somos abençoados, porque a fonte não negou sua água, e sua base nos permitiu construir sobre eles. Se Israel tivesse a revelação do Messias, guardaria para eles e a redenção não teria alcançado os gentios. Mas você precisa saber que não existe redenção sem a semente de Israel, e não podemos ignorar que o plano foi perfeito para que os gentios sejam salvos. O plano de Deus para Israel não mudou. “Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos. 8. Como está escrito: Deus lhes deu espírito de profundo sono, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até ao dia de hoje.” (Romanos 11:7,8). Nós não podemos esconder o amor de Deus pela humanidade nem a paixão de Deus por Israel, pois esse plano não foi criado do homem para Deus, mas de Deus para Israel, até para ter uma regência do princípio do Eterno na terra.


Os céus não erram e Deus não se equivoca, pois Israel não é um plano improvisado, Israel foi um projeto raciocinado na eternidade, e Quem escolheu o fez com propósitos centrais. Israel não nasceu em uma geografia, nasceu em uma pessoa (JACÓ), quando Deus escolheu Jacó mudou sua identidade para Israel. Como? Vamos ver: Israel tem origem no hebraico Ysra-El. O prefixo Isra – voltando para, e o sufixo El – o Todo-Poderoso, VOLTANDO PARA O TODO-PODEROSO. Também seu significado pode ser ‘ele luta com Deus’, que vai trazer a ideia da junção dos elementos Isra – que significa ‘ele luta’ e El – que quer dizer ‘Deus’, AQUELE QUE LUTA COM DEUS, que tem a ideia de: AQUELE QUE INSISTE COM DEUS. “E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó. Então disse: Não se chamará mais o teu nome Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste. E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali. E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva.” (Gênesis 32:27-30)


Esta série vai alargar sua visão e seu amor por Israel!

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page