top of page

O Evangelho do Cristo e minha fé viva


“E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.” (I Coríntios 15:14)


O Evangelho de Cristo ativou nossa fé e nos deu motivos para plantarmos os pés no Reino. Se você já experimentou sobre o poder do Evangelho, sabe como lidar no mundo espiritual, pois é impossível, depois de experimentar essa verdade, não se posicionar corretamente, uma vez que a fé é ativada e a visão de Reino muda. Depois de nascidos de novo, temos uma visão bem mais ampliada de todas as questões que envolvem a vida, e nossa história ganha motivos novos de avançar para estabelecer territórios que nos são confiados. Precisamos expandir a fé viva até para que possamos nos aprofundar na visão do Reino, e para que o Evangelho de Cristo governe nossa mente para testemunharmos do que Deus fez em nossas vidas. “Fé e conhecimento que se fundamentam na esperança da vida eterna, a qual o Deus que não mente prometeu antes dos tempos eternos.” (Tito 1:2)


Quando estudamos sobre a fé viva, só é possível essa ação porque Cristo ressuscitou por nós e conquistou essa herança no mundo espiritual, para que a vida de Deus pudesse ser ativada em nós para fazermos diferença em todas as geografias por onde passarmos. “Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam. Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E também os que dormiram em Cristo estão perdidos. Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.” (I Coríntios 15:12-19)


Estudando sobre esse Evangelho, pude perceber que muitos não tiveram o nosso privilégio de ter a Bíblia traduzida na versão que desejamos e estudarmos no idioma e dialeto que preferimos; isso mostra o tamanho da graça de Deus na nossa direção nos ampliando para dimensões maiores. Quando eu era adolescente, esperei muito para ver como Deus iria trabalhar com este século e nos entregar ferramentas para que o Evangelho fosse pregado em toda a Terra. Crendo assim, eu vi a provisão do Eterno em preparar corretamente esta geração, nos entregando conteúdos facilitadores para que o Evangelho seja pregado sem nenhuma lisura, e muitos possam ser alcançados mediante a Palavra que gera fé viva. Somos privilegiados, pois não temos a dimensão de onde a Palavra pode chegar e de como nossas vidas podem se tornar instrumentos do poder de Deus para, por intermédio do Evangelho de Cristo, todos conhecerem quem é Jesus e assim o mundo possa ser transformado. Você será muito usado para que o Evangelho seja pregado em toda a terra. “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.” (Mateus 24:14). Precisamos de uma fé viva para que o Evangelho não “morra” em nós, mas sejamos veículos da Boa Notícia do Reino.


Renê Terra Nova

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page