top of page

O EVANGELHO E O REINO DOS CÉUS - Parte 36

“O Reino dos céus assemelha-se a um tesouro escondido no campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o novamente. Então, transbordando de alegria, vai, vende tudo o que tem, e compra aquele terreno. A pérola de grande valor.” (Mateus 13:44)


Contagem regressiva para uma virada na nação! A nossa visão de reino está contribuindo para essa retomada, pois a liderança que possui a mente monárquica está indo a cada território para gritar: O tempo da visitação chegou! E muitos serem mudados dos pensamentos de império e adotarem a visão do Reino.


“E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela, Dizendo: Ah! Se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos. Porque dias virão sobre ti, em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te estreitarão de todos os lados; E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação”. Lucas 19:41-44


A visitação que estamos tendo é uma dádiva dos céus, para que a oportunidade divina nos alcance. Imagine uma nação recebendo a aprovação de Deus e a benção Dele para que possamos desfrutar de um milagre? Por isso, estamos em contagem regressiva para que nosso milagre seja consolidado e a visão do reino seja estabelecida. Nós não podemos subestimar essa benção que está à nossa disposição e acharmos que Deus não nos atendeu em tempo oportuno. Na verdade Deus é bom mas o homem é mau. Não há um justo, nenhum sequer. Então, leia com atenção esse texto e veja como o Senhor enxerga os filhos dos homens que não conhecem o reino e não vivem o princípio, veja: “Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. A sua garganta é um sepulcro aberto; com as suas línguas tratam enganosamente; peçonha de áspides está debaixo de seus lábios; Cuja boca está cheia de maldição e amargura. Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Em seus caminhos há destruição e miséria; E não conheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos. Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus. Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado”. Romanos 3:10-20


Bem, prosseguindo sobre esse tempo de visitação, eu entendo que nós não fomos doutrinalmente preparados para entender o tamanho do Reino e os códigos que devemos absorver, e não conseguimos, porque? Por que os mestres que temos possuem uma visão paralela e não centrada nos princípios de Jerusalém, e quantas vezes você ouviu um discurso sobre o reino que fosse alinhado com a visão de Sião, mas com a doutrinas particulares! Jesus começou pregando o evangelho do Reino, ou seja, uma Reino com Seus princípios que não podem ser negociados. As ideologias que cercam o IMPÉRIO ( uma territórios sem Deus ), esse império são de sopro do inferno, chamados de halitose - o mau hálito de Lúcifer são ensinos que contrariam o Rei e sua constituição, por isso precisamos centrar nesse tempo de visitação onde os valores do reino estão sendo restabelecidos, se nós nos amoldarmos a essa verdade com certeza vamos viver um tempo incrível, e sairemos rumo a profecia de uma vida tranquila e sossegada. “ADMOESTO-TE, pois, antes de tudo, que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,”. (I Timoteo 2:1-3)


Não vamos subestimar o tempo da visitação.


Renê Terra Nova.

77 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page