top of page

O EVANGELHO E O REINO DOS CÉUS (Parte 1)

Atualizado: 9 de set. de 2022


“O Reino dos céus assemelha-se a um tesouro escondido no campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o novamente. Então, transbordando de alegria, vai, vende tudo o que tem, e compra aquele terreno. A pérola de grande valor.” (Mateus 13:44)


Vamos começar falando um pouco do que é Reino. Se hoje vivêssemos em monarquias, não estaríamos tão perdidos nem confundidos na nossa forma de pensar e viver. O Reino de Deus é perfeito, um modelo para qualquer povo que queira viver em princípio e se fazer próspero pelas propostas que o Rei tem para o Seu povo. Reino em hebraico é Mamléḵeṯ Yiśrāʼēl – Reino de Israel, ou seja, um lugar que pertence ao Rei. Você lembra que este ano estamos falando da geografia da promessa? Se somos territórios do Senhor, somos pertencentes a Alguém, não somos mais nossos, existe uma Autoridade sobre nossas vidas. REINO, do latim REGNUM – Reino é aquele território cujos habitantes estão sujeitos a um rei. Então, o que aprendemos é que: Trata-se de um Estado regido por uma monarquia, que é uma forma de governar sabiamente um povo, em que o cargo supremo é unipessoal (uma única pessoa), vitalício e, de modo geral, hereditário. Se não sabe governar, o povo depõe com as autoridades constituídas. Então, não nos pertencemos, somos um território de promessa e precisamos entender que não governamos a nós mesmos, mas que há um governo sobre nós.


Jesus dedica um capítulo para mostrar como é o Reino dos Céus, descreve como Seu Reino funciona, e até, em forma de oração, nos ensina a trazermos o Céu para a Terra. “Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; e não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.” (Mateus 6:9-13). Um dos princípios que nos faz meditar nessa oração é a forma como traremos o Reino do Senhor para a Terra dos mortais. Venha Teu Reino, para que a Tua vontade seja estabelecida. Porque sem Reino, ou seja, sem organização, não se cumpre ordem.


Jesus ensina aos Seus discípulos e questiona se eles estão entendendo. Qual o assunto? “O Reino de Deus é semelhante a… Esse ensino é com linguagem figurada, para que eles pudessem assimilar, exatamente, o que o ensino estava propondo: O REINO DOS CÉUS É ASSIM! Ele mostra o poder de encontrar coisas de valor que estão escondidas, e a estratégia para reter o tesouro que foi encontrado. A logística desse cidadão que encontrou o tesouro é um curso de administração de negócios; ele não viola nenhum princípio para não perder a pérola do Reino. O que podemos assimilar é que: Não podemos estar no Reino e não proteger seus tesouros, pois uma vez encontrados, é responsabilidade de quem os encontrou guardá-los. “Também o reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem achou e escondeu; e, pelo gozo dele, vai, vende tudo quanto tem, e compra aquele campo.” (Mateus 13:44)


O que você assimilou?!


Esta série vai despertar seu espírito!

78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page