O Homem de Dores e a solução da humanidade


Quem poderia mensurar que uma dor culminaria em um resultado tão extraordinário. Onde tem uma dor real tem uma lágrima legítima. Jesus chorou em alguns relatos bíblicos, mas quantas vezes esse Homem não verteu suas lágrimas por aqueles que estavam precisando do seu socorro. Às vezes, nem imaginamos que podemos passar por momentos difíceis e nos esquecemos que temos um Intercessor que não cessa de tomar nossa causa quando estamos nos movendo em legitimidade, e Ele nos exime das acusações do inimigo.


“Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e o que também intercede por nós.” (Romanos 8:31-34)


Uma dor que muda uma história. É assim que vejo o ato do calvário, a importância da cruz e o projeto infalível do Deus vivo. Aprouve ao Senhor que Ele padecesse toda essa humilhação para que pudéssemos lograr uma vida de sucesso. Deus não permitiria que Jesus entrasse nessa guerra se Ele não tivesse a solução para trazer paz à humanidade. A dor de Jesus é o bálsamo para minha vida. Todos que têm o privilégio de conhecer o Homem de Dores se abraçarão com o remédio da sua alma e encontrarão medicina para seus ossos. Jesus é o fármaco ao qual todos precisam se achegar a Ele para dEle receberem cura para suas enfermidades. “Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito.” (I Pedro 3:18)


A dor que Jesus passou na cruz é a solução para a humanidade. Estamos no século em que os cientistas estão buscando fórmulas para conter vírus, porém, sabemos que Jesus é o antídoto para execrar o pecado da humanidade e sarar as feridas que a iniquidade causa. Somos abençoados por ter e conhecer esse projeto de Deus, que não obstante a tanta dor, tanto sofrimento, tanta humilhação, nos arrancou desse cativeiro e nos deu o direito de vida eterna; por sua generosidade nos entregou dons para que vivêssemos sua vida aqui na Terra em plenitude.


“Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo. Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens. Ora, isto—ele subiu—que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra? Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.” (Efésios 4:7-10)


Renê Terra Nova

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram