O Homem do Calvário e o Perdão


“E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve, e não nos conduzas à tentação, mas livra-nos do mal.” (Lucas 11:4)


Você precisa ser feliz e deve buscar o exercício do perdão para que esse princípio seja instalado na sua vida. Você sabe que o Homem do Calvário conquistou a Terra e o Céu, não foi pelo fato de ter morrido e ressuscitado, foi o ato processual de ter exercido o perdão no Calvário, quando Ele libertou a humanidade Ele foi libertado, e obviamente me libertou da condenação. Não há como você falar que tem êxito e não conseguir liberar as pessoas que construíram um “calvário” para a sua vida. Na verdade, eles beneficiaram seu crescimento e ajudaram na sua maturidade, ainda que você não saiba entender tudo que passa é para um processo de formação e crescimento da estatura de varão perfeito. Quando você olha o Calvário não tem como entender que ali estava o homem, que poderia sair dali um cadáver ou um ressuscitado, uma derrota ou uma vitória. O ato do perdão traz diretos. O que isso deu de direito a Jesus? A atitude do perdão levou Jesus a conquistar as duas atmosferas: Terrena e Celeste.


Se você compreender os momentos sofríveis da sua vida, e traduzir como aprendizado e não como punição, com certeza você será agregado em muitos valores e não adoecerá com tantas guerras no seu território. O Homem do Calvário poderia fazer uma assinatura contrária à sua própria sorte, mas decidiu ser exatamente o que o projeto de vida sinalizava para Ele conquistar: Toda humanidade. Um ato tão “singular” fez com que José de Arimateia dissesse: “Nuca vi ninguém saber morrer, esse é um exemplo para toda humanidade”. “E o centurião e os que com ele guardavam a Jesus, vendo o terremoto, e as coisas que haviam sucedido, tiveram grande temor, e disseram: Verdadeiramente este era o Filho de Deus.” (Mateus 27:54). O Messias para ser aceito, não podia morrer magoado. A assinatura do perdão levou muitos a crerem que Jesus era o Messias.


Jesus, no Calvário, mostrou para todo ser humano, que não podemos acessar nosso novo tempo, nem galgar geografias novas com mágoa no coração. A maioria de nós não tem tido a bênção de entrar no novo tempo nem de acessar lugares nobres, porque estamos ainda adoecidos e com problemas nos nossos relacionamentos. A falta do perdão é a arma mais letal para sabotar nossos sonhos e anular nossas conquistas. Às vezes, as pessoas nos ferem e nem sentem que nos ofenderam, mas à medida que perdoamos, devemos ser perdoados, se quisermos ter uma vida mais saudável e evitarmos doenças físicas, emocionais e espirituais. Quer fazer um exercício? Você está magoado com alguém? Se você lembrou de uma pessoa, está na hora de resolver esse problema. Jesus ensinou: Perdoa os nossos pecados na medida que nós perdoamos aqueles que pecam contra nós. “E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve, e não nos conduzas à tentação, mas livra-nos do mal.” (Lucas 11:4)


Renê Terra Nova

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram