top of page

O Homem do Calvário, Justiça de Deus


“Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus.” (I Coríntios 1:18)


Impossível você olhar para o Gólgota e não ver o Homem do Calvário, Jesus! Pois a memória do cristianismo é voltar ao lugar do sacrifício. Jesus, quando foi levantado, foi com o objetivo de salvar toda a Terra, e é o antídoto para extrair todo veneno da serpente. Você lembra de Moisés?! “Da mesma forma como Moisés levantou a serpente no deserto, assim também é necessário que o Filho do homem seja levantado.” (João 3:14). O que isso sinaliza? Que Jesus é suficiente para extrair o pecado da humanidade. Não podemos olhar para o calvário e ignorar a DOR e o PROPÓSITO pelo qual Ele esteve ali. “Tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus.” (Hebreus 12:2)


O propósito pelo qual o Homem do Calvário, JESUS, morreu pelos nossos pecados e por nós ressuscitou, foi para exercer a justiça de Deus. O que é isso? Bem, todos pecaram e se tornaram injustos para o Senhor, pois não há um justo, um só sequer, todos foram destituídos da presença do Pai, e Ele nos reconciliou pela Sua justiça, assim como morreu pelos nossos pecados e teve o direito, pelo Calvário, de se fazer justiça de Deus. “Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que creem; porque não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.” (Romanos 3:22-26)


Quando fomos justificados, tivemos o privilégio de ser reconciliados em Cristo Jesus. Não mensuramos o privilégio que temos, em um projeto tão magnífico, que foi o Calvário, pois Ele, por nós, suportou essa humilhação, quando todos os nossos pecados foram levados nas costas e fomos alcançados em Cristo Jesus, e Ele nos reconciliou. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.” (II Coríntios 5:17-19). Se você se apossar desse projeto, nascido no Céu e concretizado no calvário, nunca mais deixará as obras das trevas humilhar você, pois lá no calvário as trevas vieram para cobrir toda a Terra, porém foram banidas pelo poder da ressureição. O Homem do Calvário reconciliou os homens perdidos com o Senhor, encontrados nEle mesmo.


Renê Terra Nova

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page