O Homem do Calvário perdoou meus pecados

E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores.” (Mateus 6:12)


Então, encerrei com o perdão de Jesus falando a oração do Pai Nosso, que é considerada a oração que rompeu a história. Mas qual é o ponto chave da oração? O PERDÃO! Se você conseguir exercitar o perdão, vencerá qualquer barreira na sua vida. O Líder dos líderes, o Homem do Calvário, quando ensinou essa oração será que Ele mensurava o que iria passar na Cruz? Porém, o que precisamos entender é que os nossos calvários são pertinentes a nós, com o propósito de nos fazer perdoardes e nos autoperdoar; esse é um dos maiores legados do Calvário. Observe: Jesus não estava no seu estado normal quando perdoou os meus pecados, Ele estava com o peso da culpa da humanidade nas costas dEle, e poderia usar isso como desculpa para não liberar a Terra e não ser autoliberado. “Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim