©2020 by Renê Terra Nova

Av. Coronel Teixeira, 5001, Ponta Negra, Manaus,

Amazonas - Brasil

Quando o MAL bate à minha porta



“Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.” (Salmos 91:10,11)


Um assalto a mão armada. É assim que nos sentimos com essa invasão a nossa privacidade. Nesta série sobre preocupações, estamos passando pelo maior teste que as nações já enfrentaram nos últimos dias: UM VÍRUS. O que é um vírus? Um germe que tem vida curta. Mas existem vírus com maior durabilidade, que não é o caso desse. Esses vírus podem ser perigosos, mas nenhum deles supera o vírus do MEDO.


Simon Boliva, o libertador dos países bolivarianos disse: “O inimigo vai se insurgir contra nós, ordenaremos que ele se renda. Não seremos intimidados! E, se a natureza se INSURGIR contra nós, ordenaremos que ela se sujeite a nós e que se molde ao seu lugar”. Virou um libertador.


A Palavra de Deus nos adverte: “Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste, ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti Senhor, pois teu Nome está nesta casa, e clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás e livrarás.” (II Crônicas 20:9). Gosto da Escritura!


Quem não foi apanhado com o vírus do MEDO? Uma procuração atípica rodeou a mente do justo. Eu fico me perguntando: Como é possível recuar com tanta velocidade? Como alguns conseguiram apagar da memória Deus e as Suas promessas? Não vencemos o problema fugindo, mas nos preparando.


A nação nascedoura do vírus COVID-19, CHINA, conhecido como Corona, já decretou o controle da enfermidade. Israel, a nação primogênita da fé monoteísta, ‘controlou’ o vírus em uma estratégia sábia dentro do seu território e já anunciou o remédio para todas as nações, a vacina.


Essas fatalidades de morte que estão divulgando, em nada é diferente dos invernos rigorosos na vida de idosos e pessoas que possuem debilidades na saúde física, como doenças crônicas: Diabetes, problemas pulmonares diversos e cardíacos; os grupos de riscos. Segundo estudos do Dr. Beny Schmidt – Cientista e Professor da USP, cientista de controle de vírus, “o vírus não mata, o vírus não é letal”. E ele afirma ainda: “Não passa de um resfriado”.


Mas, o que aconteceu? O que podemos entender dessa angústia das nações? Que um pavor foi lançado. Um medo possuiu a mente das pessoas. Um decreto apavorador saiu das mídias. Uma nação de incrédulos surgiu do nada. Os testes que estamos passando começaram a depor contra a nossa saúde emocional. Eu diria que o vírus maior foi o da INCREDULIDADE, casada com o MEDO.


Se prevenir, se higienizar, aculturar com limpeza e fazer sua ação sanitária é obrigação de todo cidadão.


Você sabe quantas pessoas morrem no Brasil por falta de saneamento básico? Para você ter uma ideia, em 16 de Julho de 2000, a Folha de São Paulo publicou que 10.844 pessoas morreram com 98 doenças decorrentes de falta de água encanada, esgoto e coleta de lixo e declarou: “Falta de saneamento mata mais que crime!”.


Você sabe quantas pessoas morrem, por dia, por causa de depressão – ansiedade? Cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano – sendo essa a segunda principal causa de morte de pessoas com idade entre 15 e 29 anos, declarou a Organização Pan Americana de Saúde (OPAS).


Você sabe quantas pessoas morrem por dia por falta de cuidado com a saúde física? Em todo o mundo, cerca de 17,5 milhões de pessoas morrem vítimas de doenças cardiovasculares, a cada ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, a situação não é diferente. A média anual chega a 350 mil, o que corresponde a uma vida perdida a cada 40 segundos; duas vezes mais que todas as mortes decorrentes de câncer e seis vezes mais que as provocadas por todas as infecções no país.


Você sabe quantas pessoas morreram no Brasil por causa desse vírus? Somente duas. O medo foi a arma letal que encontraram para mexer na mente da sociedade, empobrecer a fé de alguns e gerar preocupações novas. Não quero ser irresponsável! Acredito que esse vírus foi um despertar interior para denunciar o quanto andamos temerosos. Há uma ordem em Isaías 41:10-13 que diz: “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão. Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo. Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo.”


Nós somos de Deus e o Maligno não nos toca. Vamos tomar as providências e, claro, sairmos ilesos desse caos social que atingiu como míssel a saúde da Igreja. O mal bateu à nossa porta. Cabe eu dizer entre, ou: Saia, em nome de Jesus!

Renê Terra Nova

24 visualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram