Sem a Graça não temos graça


Quando eu era bem jovenzinho, um Pastor me disse: “A Graça sem a graça não tem Graça”. Ou seja, falar da Graça de forma pesada e colocar temperos na Graça, não é o conteúdo do Evangelho de Cristo. Isso mostra que nós precisamos estar antenados com o discurso da Palavra e os exageros que estão sendo convocados, e as concessões que estão inserindo no discurso bíblico. Na minha época, para alguém ser crente tinha que renunciar três coisas: O mundo, a carne e o diabo. Hoje, muitos ignoram o diabo, se associam com o mundo e se alimentam da obra da carne. Uma geração sem pais espirituais em que um robô se tornou mentor e instrutor para que a autoridade espiritual fosse eliminada da vida deles. Jesus chama de geração perversa, que nega a chamada, desvia do propósito e condena a todos que andaram em santidade.


“E, ajuntando-se a multidão, começou a dizer: Maligna é esta geração; ela pede um sinal; e não lhe será dado sinal, senão o sinal do profeta Jonas; porquanto, assim como Jonas foi sinal para os ninivitas, assim o Filho do homem o será também para esta geração. A rainha do sul se levantará no juízo com os homens desta geração, e os condenará; pois dos confins da terra veio ouvir a sabedoria de Salomão; e eis aqui quem é maior do que Salomão. Os homens de Nínive se levantarão no juízo com esta geração, e a condenarão; pois se converteram com a pregação de Jonas; e eis