top of page

UMA IGREJA NO MOVER DO ESPÍRITO SANTO - Parte 39


“... Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos.” (Zacarias 4:6b)


Se não fosse a intercessão de Abraão, Ló e a família haveriam sido consumidos pelo fogo. Porém, o coração de Abraão era cheio de compaixão e ele amava o sobrinho como um filho. Às vezes, as pessoas não merecem nosso amor, mas não é por isso que deixaremos de interceder por elas.


Veja o que aconteceu com Ló: Saiu de campinas verdejantes e riquezas que possuía, como está descrito aqui em Gênesis 13:5,6: “E também Ló, que ia com Abrão, tinha rebanhos, gado e tendas. E não tinha capacidade a terra para poderem habitar juntos; porque os seus bens eram muitos; de maneira que não podiam habitar juntos.”, para mofar na caverna e tentar sobreviver em uma vida extremamente solitária.


O que é isso? O preço da desonra! Enquanto isso, Abraão continuou prosperando e cheio do Espírito Santo. Em Gênesis 20:12-18, Abraão fica mais rico na misericórdia do Senhor e libera a unção profética para, no poder do Espírito, curar o reino de Abimeleque e fazer com que todos fossem fecundos, por causa da promessa do Senhor.


Quando andamos em linha com Deus e a Sua Palavra os milagres não param na nossa direção e mostram o quanto estamos alinhamos com o Espírito. As guerras vêm e são uma oportunidade divina para aumentar nossa herança, pois toda guerra dá direito a um despojo. Você que está triste porque não tem visto trégua na sua vida, o segredo está no que você é por dentro. Aprendi que em meio à guerra devemos manter a paz interior.


“E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos. A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração. E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.” (Colossenses 3:15-17). Este é um dos segredos mais poderosos que existe e que podemos praticar: Manter a paz mesmo nas situações e circunstâncias mais adversas, quando nada é favorável. Vamos manter nosso foco centrado no Príncipe da Paz.


Quando o Apóstolo Paulo ensina que as tentações que chegam na vida do cristão não vêm sozinhas, são acompanhadas por ESCAPES, isso mostra a fidelidade de Deus em não nos deixar sofrendo sem expectativas em meio à guerra. Seja no nível interior ou externo, em tudo, virão os livramentos do Senhor. “Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.” (1 Coríntios 10:13).


Tenho aprendido, praticado e ensinado que com as provas ou tentações vêm um ESCAPE de Deus. Então, não subestimo a prova, mas me concentro com expectativa no ESCAPE. Abraão nos ensinou que não adianta se estressar, pois os livramentos serão grandes e as vitórias não virão da força do braço, mas no poder do Espírito do próprio Deus.


47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page