Uma liderança sem estresse



“E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.” (Colossenses 3:15)


Manter um espírito calmo e uma paz interior não é tarefa fácil em um século tão adoecido. Muitos de nós estamos debaixo de tanto estresse que, às vezes, nos esquecemos da promessa.


“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco.” (Filipenses 4:6-9).


Guardar a proporcionalidade dessa promessa se tornou um dos milagres poderosos neste tempo.


Você e eu somos sabedores de que o inimigo usará de toda estratégia possível para fazer um saque na conta da paz interior que nós possuímos. A intranquilidade de alguns chega a ser perturbativa. Eu fico observando líderes que facilmente entram nas turbulências de nuvens negras que o adversário cria, e eles mesmos se autoperturbam criando pensamentos de natureza contrária à promessa. Não é fácil manter a calma diante dos ventos fortes que ameaçam derrubar nossa estrutura, mas é possível. Quando os discípulos se descobriram em meio a uma tempestade, despertaram Jesus e a solução veio.


Às vezes, estamos tão secularizados, ou religiosos, que não percebemos que já estamos engolidos pelas circunstâncias, e que isso depõe contra qualquer líder de fé no exercício do ministério e da chamada; seja uma simples célula à presidência de um ministério imponente. Se a paz de Cristo é o árbitro no nosso coração, então por que a nossa confiança está mais nas coisas que ouvimos e vemos do que na promessa que fora instalada no nosso caráter? Vamos voltar a confiar! Não estou dizendo que os dias maus não existem e que vamos ignorá-los, mas que nossa fé não pode ser minada no lugar da chamada que nos fora prometida: Uma fé inabalável.


“E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos. A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração. E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.” (Colossenses 3:15-17)


Se nós entendermos essa verdade, como uma pérola da parte de Deus nos ensinando o domínio próprio, ficaremos mais saudáveis e nos tornaremos modelo na fé, a ponto das pessoas nos imitarem.


“Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá. Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem.” (I Timóteo 4:12-16)

Renê Terra Nova

4 visualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

sempreservo12@

yahoo.com.br

(92) 98114.1212

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

©2020 by Renê Terra Nova

Av. Coronel Teixeira, 5001, Ponta Negra, Manaus,

Amazonas - Brasil