Dias de Elias - Vivendo uma atmosfera profética


“E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição.” (Malaquias 4:6)


São sinais que apontam para o futuro. Quando falamos de Elias nem imaginamos que é uma profecia messiânica: Quem dizem que eu sou? Tu és o Elias? Essa é uma das respostas dadas pelos discípulos de Jesus ao próprio Senhor. Embora seja uma alusão profética, sabemos que Dias de Elias falam de Restauração. Mas, qual a Restauração que está em voga? A Restauração da família.


Muitos vão dizer que na família tudo vai bem, mas você sabe que nada está tão bom que não precise melhorar. Por isso, devemos focar nesse plano de conserto das coisas que vão ser estabelecidas para este novo tempo.


Quando o Senhor nos chamou para o desafio de 2019, Prepare o Caminho do Senhor, ninguém poderia imaginar que o Eterno estava apontando para as novas diretrizes do Planeta, dias difíceis e desafiadores. Porém, em todo esse tempo, ficamos como que em estado de choque, sem entender muito bem o cenário global. Bem, o alerta foi dado e quem não se preparou foi, literalmente, apanhado de surpresa.


Hoje o grito é outro: Arrumem suas casas!


É um alerta para os sacerdotes inadimplentes e para os desatentos da sua missão familiar. Nós não podemos construir as casas dos outros destruindo nosso próprio lar, isso é uma convocação para qualquer nível de liderança, das patentes eclesiais mais altas, às menos expressivas na Igreja.


“Aquele que for irrepreensível, marido de uma mulher, que tenha filhos fiéis, que não possam ser acusados de dissolução nem são desobedientes. Porque é necessário que o bispo (Pastor – Líder – Apóstolo) seja irrepreensível, como mordomo da casa de Deus, não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância.” (Tito 1:6,7)