top of page

JESUS, REI DE TODA TERRA - Parte 14

“E o YAWEH será REI sobre toda a terra; naquele dia um será o SENHOR, e um será o seu nome.” (Zacarias 14:9)

_


JESUS, O REI DA MINHA FAMÍLIA


Acredito que você já está convencido de que uma família que serve a Deus deve ser um território monárquico. Uma monarquia é uma forma de governo, sendo a mais antiga em vigência nos dias atuais, por causa das propostas do século moderno, até mesmo como um ato de confronto ou rebeldia para não admitir um rei sobre a geração. Em uma monarquia, o rei, a rainha, ou o imperador, a imperatriz ou, até mesmo, o duque ou a duquesa, ocupam o cargo de monarca e, geralmente, são chefes de Estado, podendo ser também chefes de governo (tipo um Primeiro Ministro). Essa variação vai depender, basicamente, do tipo da monarquia. O poder do monarca dentro das monarquias, geralmente, é vitalício e hereditário, ou seja, o poder do monarca estende-se durante toda a sua vida, sendo transmitido apenas com sua morte ou com sua renúncia à posição de monarca. Além disso, por ser hereditário, o poder dos monarcas é transmitido de pai ou mãe para filho ou filha, ou seja, é um legado deixado pelo patriarca na direção dos descendentes, o que atesta mais uma vez que vem pela família antes de chegar a ser institucionalizado.


Quando o Senhor veio à Terra essa questão era definida no Céu, até a simples Oração do Pai Nosso foi para que se percebesse a grandeza do Reino e como qualquer ambiente deve atrair o Rei e Seu Reino para ele, assim como a casa. Jesus não deixou passar despercebido que mesmo na Oração Devocional o Reino precisa ser conclamado. “Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; e não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém. Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.” (Mateus 6:9-15)


Com a consciência de monarquia, podemos até perder por não existir nos territórios desejáveis essa conduta, como nosso país, nosso estado e nossa cidade. Mas nosso sacerdócio não pode ser devedor dentro de casa, onde exercemos essa função, para não ficarmos desatentos de chamar para dentro da nossa geografia o Rei que reina. Não há nada mais poderoso do que uma casa ser doutrinada de que Jesus é o Rei daquele ambiente, e o temor e o respeito devem ser mantidos vívidos até para que Ele seja devidamente adorado. Se sua casa tiver essa postura, em uma consciência trabalhada, com certeza, será a referência e, a partir de você, muitos virão imitar esse padrão, e Jesus será o Monarca no nosso território. Ele nos fez Reis e sacerdotes; e como isso é verdade.

_


M12


Os projetos pensados por Jesus e adotados por Seus discípulos, com certeza, tocarão toda a Terra. #EuSouM12

_


ISRAEL – TABERNÁCULOS 2023


A programação de Tabernáculos 2023 está pronta! Temos os pacotes todos já em ordem para você. Faça-nos uma consulta: LINSÔAH (11) 96428-9293.

_


PORTO SEGURO


Estamos em contagem regressiva para nosso Congresso no Útero da Nação. Os Profetas de plantão já estão expectos para esse momento histórico. Faça as inscrições! https://www.mironline.com.br/resgatedanacao2023

_


HONRA


Quem vive esse princípio se delicia com a paz e terá respeito no território onde vive.

Gratidão por ser um homem de valor e investir no meu chamado!


PIX: primiciasap@gmail.com

_


DECRETO JANEIRO


Onde está o Meu povo e a confiança dos Meus filhos? Por um acaso mentiria, Eu? Não os socorreria nos dias de aflições? Quem é o homem para desafiar Meu poder e o pobre mortal para subir em tronos que não se acabam? Eu os demolirei como areia que sopra no deserto, e como ondas que aparecem no mar e logo não são mais nada. Retenham a confiança em Mim e saberão que Meu Trono é eterno e Eu, o Senhor, não mudo. “Deus não é homem para que minta, nem filho do homem para que se arrependa. Acaso ele fala e deixa de agir? Acaso promete e deixa de cumprir?” (Números 23:19)


Renê Terra Nova

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page