Os Sete Princípios da preparação do caminho cumpridos pela Noiva 


A Reunião de Pastores, hoje no MIR, com o Apóstolo Renê Terra Nova, recebeu pastores da cidade e do MIR. Na ministração da Palavra, o Ap. Renê ensinou sobre os Sete Princípios cumpridos pela Noiva (Igreja) na Preparação do Caminho do Noivo (Jesus). A base foi de Isaías 40.


A seguir, um resumo da ministração.

"Trabalhar no caminho que está pronto é uma coisa, mas preparar o caminho é outra coisa. Preparar o Caminho significa que vou desbravar o caminho, que vou abrir o caminho. Noivo e noiva são diferentes. A noiva tem suas exigências, e quando o Senhor dá a tarefa para a noiva é porque ele tem condições de preparar o caminho.

Preparar o caminho tem Sete Paradas ( princípios)


1- Amor. A noiva tem que amar. A noiva não pode ser bruta, não pode ser amor fingido . Tem que ser preparada no amor, uma noiva apaixonada. Amor a Deus, amor a família, amor ao próximo .

2 - Paz. Não pode ser uma noiva perturbada. Tem que ser serena, calma, tranquila e sabe o que vai fazer. Tem que ter segurança no noivo e que vai ser feliz.


3 - Alegria. A noiva não pode ser triste. Imagine uma noiva entrando no altar de cara triste. Toda noiva tem que ser plena. A noiva do Messias é uma noiva de alegria, plena


4 - Lealdade. Uma noiva leal, lealdade é aquilo que eu deixo que interpretem de mim. Eu sou exatamente o que as pessoas estão vendo.


5 - integridade. Uma noiva socialmente aprovada. Conteúdo de interpretação aprovada por todos.


6 - Santidade. A noiva traz a carga da santidade. Uma noiva santa é uma noiva separada, aliançada, com pureza e sem misturas.


7 - Honra. A honra é a carga da santidade. A noiva é honrada. Jesus não vai casar com uma noiva deformada, desvirginada. A noiva é sem macula, sem mancha e sem ruga. Não tem defeito. É uma noiva nova. É uma noiva linda.


O amigo do noivo entra e clama. Antes de entrar para cumprir os Setes passos, a noiva ouve o clamor do amigo do noivo, dizendo "O caminho está preparado, e pode vir".


A noiva estará adereçada, preparada. Clamor, no grego, é gritar. No latim é uma voz para fazer que as pessoas lhe observem. No hebraico , clamor é ser aprovado. Clamor é dizer que a noiva está pronta e o noivo chegou. No hebraico não precisa colocar a voz. É caráter . Não precisa de força para as pessoas aprovarem. É pelo testemunho.

A voz que clama no deserto não é do noivo, mas da noiva. Prepare o caminho. Se você não souber preparar o caminho, colocará a noiva no ridículo. O caminho da noiva precisa ser seguro. A noiva não pode entrar tensa, sem nenhum tipo de suspeita.


Nós precisamos entender quem somos nesse processo da preparação. Muitos clamam: Jesus, venha! Mas do jeito que a Igreja está hoje, o Senhor não vem! Precisamos limpar a noiva, purificar a noiva, para que o Senhor venha.

João Batista reconheceu que não era o Cristo, mas que era uma voz. Cada um de nós somos uma voz. Tem gente que se sente único. Mas somos apenas uma voz. Tem outras vozes. Agora não podemos nos auto representar, pois somos a voz do que clama no deserto. Alcançar as pessoas com a voz que Deus nos deu.

Não sou Cristo, não sou profeta. Sou preparador de caminho. Nós temos que reconhecer que somos preparadores do caminho. Se tu não é o Cristo, porque estás batizando? João 2:25. Eu batizo com água , mas ele vem batizar com fogo. Quem passou pelas águas tem direito ao fogo.


Precisamos do fogo. As vezes estamos frios e precisamos do fogo. O estrese físico e emocional nós tira do fogo. Tem um outro clamor que é o clamor para as gerações. O clamor de Jonas. Na próxima reunião dos pastores.

6 visualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

sempreservo12@

yahoo.com.br

(92) 98114.1212

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

©2020 by Renê Terra Nova

Av. Coronel Teixeira, 5001, Ponta Negra, Manaus,

Amazonas - Brasil