A Doutrina do Evangelho e a Doutrina de Cristo (Parte 02)

Atualizado: 14 de dez. de 2021


Se a doutrina de Cristo não mudar sua vida não existe terapia que possa fazê-lo. Os métodos humanos podem ser eficazes, mas nenhuma receita é mais poderosa do que o manual de quem fez o homem. “Jesus”, quando criou o homem, foi para um propósito, para o louvor da Sua glória e porque temos uma orientação pela Palavra, de viver a vida de Cristo não podemos nos furtar dessa verdade.


“Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória. Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; nas quais, também, em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas. Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos, e vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou.” (Colossenses 3:1-10)


É exatamente isto: Quando a doutrina de Cristo entra na vida de uma pessoa, toda cultura esquisita sai. Se as pessoas frequentam Igreja, ou ambientes onde a Palavra de Deus é proclamada, e essas pessoa não mudam a conduta, o Evangelho de Cristo não entrou na vida delas. Esse é um dos maiores problemas: A religiosidade é um argumento para muitos se esconderem nessa capa, e quando estão na oportunidade de testemunharem quem é Jesus, essas pessoas blefam sua fé, ou revelam suas condutas de uma vida sem Cristo. A doutrina de Cristo é de poder transformador, as pessoas que experimentam a vida de Deus não retrocedem na jornada nova que começam nem negociam o Nome que mudou suas vidas e histórias.


Temos observado uma geração nova que não está desfocada do que Deus tem falado e com o coração em chamas; muitos desta nova geração tem anunciado o Evangelho de Cristo. A doutrina de Cristo muda as vidas e constrói uma história nova. Não tem como nós ignorarmos que, assim como existem muitos anunciadores das Boa Novas, também temos muitos que desconstroem a essência da pregação legítima de Cristo Jesus. Ser doutrinado pelo Evangelho, significa que a pregação é uma chamada para uma vida nova e nos compromete com o Evangelho que faz de cada um uma nova pessoa.


“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.” (II Coríntios 5:17-19)


Renê Terra Nova

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo