Ansiedade, Jesus conceitua essa enfermidade como mental (3)


Uma das coisas que aprendi no mundo espiritual, é que podemos governar nossos pensamentos e emoções fazendo o bom uso da Palavra. O Evangelho é a Boa Notícia que prepara o indivíduo para enfrentar catástrofes e fugir para a proposta de Jesus quando prometeu dar vida e vida abundante.


Claro que passaremos por batalhas, ninguém é obtuso. Claro que ganharemos muitas guerras, e é óbvio que perderemos outras batalhas também. Mas pela sabedoria do ensino de Jesus, daremos tréguas nas batalhas e nas guerras que já vimos que não venceremos.


Ficamos ansiosos porque o inimigo consegue drenar nossa confiança e plantar uma semente diferente na nossa mente. Jesus disse: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” (João 10:10). Essa palavra é para qualquer adversidade que chegue à sua porta, chamada mercenarismo, ou seja, aquilo que vai roubar a sua paz.


O nível dessa promessa, em João 10:10, ressuscita qualquer indivíduo que esteja tanto na alma como no espírito em estado “vegetativo”, desistido, e que precisa esperançar sua vida diante dos momentos difíceis que enfrenta.


Eu sou um mensageiro da Boa Notícia. Ainda que percamos a guerra, ganhamos a experiência; e digo que a experiência é o troféu mais precioso na vida de um sábio. Os outros troféus focam na comemoração momentânea, a experiência é um troféu erguido para toda vida.


Renê Terra Nova

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram