top of page

JERUSALÉM É NOSSA FONTE - Parte 10


COMO NASCEU ISRAEL


“Ah! Se o meu povo me escutasse, se Israel andasse nos meus caminhos! Eu, de pronto, lhe abateria o inimigo e deitaria mão contra os seus adversários. Os que aborrecem ao SENHOR se lhe submeteriam, e isto duraria para sempre. Eu o sustentaria com o trigo mais fino e o saciaria com o mel que escorre da rocha.” (Salmos 81:13-16)


Israel tem a história mais linda das civilizações, nenhuma outra nação nasceu como escolha direta de Deus. Israel nasceu por promessa de ser um povo sacerdotal onde Deus seria o seu Rei. Uma nação onde os princípios e valores seriam colocados em prática e pela recompensa se tornaria o povo mais forte e próspero do Planeta. A nação primogênita nasceu em uma pessoa, Jacó, depois de uma inusitada experiência no Vale de Jaboque. Gênesis 31 a 37 narra essa história de direito de posse do território. Porém, a identidade territorial foi Deus quem deu a Israel. Tudo no direito legal. “Então disse: Não se chamará mais o teu nome Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste. E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali. E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva.” (Gênesis 32:28-30). Uma nação não nasce em uma geografia, nasce em uma pessoa, assim como em uma pessoa poderá ser destruído um povo. Israel – uma pessoa, o Jacó – de antes, que agora é transformado em um Israel.


Quem era esse Israel? Um líder com uma promessa! Você sabe quais eram as promessas que Deus havia dado a Jacó? “E o SENHOR lhe disse: Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo, e o maior servirá ao menor.” (Gênesis 25:23). Estava pronto! Tudo que aconteceu entre Esaú e Jacó foi consequência, pois a promessa que Jacó reinaria sobre ele e as nações já havia sido falada por Deus. Quando o Senhor entrega uma promessa, as tramas da vida podem ser até contraditórias, mas nada fugirá do propósito central. Jacó era tranquilo, homem de cabana, servia seu território e cuidava das coisas do pai. Esaú era aventureiro, caçador, se arvorava no campo e não tinha atenção dentro do seus termos. Porém, Jacó tinha uma mente privilegiada, ações precisas e um coração possuído de promessas, ele sabia que o Senhor o levantaria por líder de nações, o ‘como’ não era revelado, mas o destino estava desenhado, assim como eu e você, não vemos o ‘como’ em muitas coisas, mas seguramente que os planos do Senhor não serão frustrados. “Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.” (Jó 42:2)_


Por que Jacó se tornou um patriarca diferenciado? Porque foi o primeiro patriarca a ver o céu aberto e uma escada levando e trazendo notícias da Terra para o Céu e do Céu para a Terra, pelos anjos. O que nos deixa saber que não existe nada que os céus não saibam. Bem, quando o Senhor o chamou de Israel e trocou sua identidade, mostrou que agora era: “aquele que luta ou argumenta com Deus e prevalece”. Isso fez de Jacó um líder que deu destino ao maior modelo de nação da terra. “E chegou a um lugar onde passou a noite, porque já o sol era posto; e tomou uma das pedras daquele lugar, e a pôs por seu travesseiro, e deitou-se naquele lugar. E sonhou: e eis uma escada posta na terra, cujo topo tocava nos céus; e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela; e eis que o SENHOR estava em cima dela, e disse: Eu sou o SENHOR Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque; esta terra, em que estás deitado, darei a ti e à tua descendência; e a tua descendência será como o pó da terra, e estender-se-á ao ocidente, e ao oriente, e ao norte, e ao sul, e em ti e na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra; e eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra; porque não te deixarei, até que haja cumprido o que te tenho falado. Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o SENHOR está neste lugar; e eu não o sabia. E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus. Então levantou-se Jacó pela manhã de madrugada, e tomou a pedra que tinha posto por seu travesseiro, e a pôs por coluna, e derramou azeite em cima dela. E chamou o nome daquele lugar Betel; o nome, porém, daquela cidade antes era Luz. E Jacó fez um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer, e vestes para vestir; e eu em paz tornar à casa de meu pai, o SENHOR me será por Deus; e esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.” (Gênesis 28:11-22)

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page