Festa das Luzes! (final)


“E em Jerusalém havia a festa da dedicação, e era inverno. E Jesus andava passeando no templo, no alpendre de Salomão.” (João 10:22,23)


As luzes que milagrosamente iluminaram o Templo, em Jerusalém, milhares de anos atrás, continuam brilhando na vida dos que creem. Simbolicamente, elas são acesas a cada Festa de Hanukkah, uma celebração que dura oito dias e é comemorada em Israel e em várias nações que já receberam a revelação desse princípio.


Orne a sua casa e a Igreja com candelabros, com pequenos pontos de luz e ilumine os ambientes, mostrando no mundo físico sua fé e a luz de Jesus na sua geografia. Israel quanto nação não tem medo de se expor. Como falamos na devocional de ontem, Hanukkah começou dia 10 de Dezembro e vai até o dia 18.


Jesus celebrou Hanukkah


A Bíblia evidencia a importância de Hanukkah quando mostra que Jesus participou dessa celebração: “Celebrava-se então em Jerusalém a festa da dedicação. E era inverno. Andava Jesus passeando no templo, no pórtico de Salomão.” (João 10:22-23).


Vamos ampliar nosso raciocínio, apesar de Hanukkah ser uma festa bíblica e histórica, não está inserida nas Festas Principais da Torah, precisamos entender que Hanukkah é a Festa na qual o Senhor Se afirmou como o Messias e Discipulador de um grande rebanho. E é interessante e importante conhecer o milagre da Hanukiah e assim compreender melhor o mundo espiritual.


Hanukkah é uma Festa de celebração de oito dias e lembra uma revolta judaica conduzida por um homem chamado de Judah Macabeu. Esse acontecimento ocorreu quando os gregos invadiram Jerusalém e profanaram o templo sagrado colocando no Altar uma imagem do deus do Olimpo – Zeus – e também sacrificando porcos como holocausto. Macabeu e seus cinco filhos começaram a luta, o povo de Judá foi liberto e o Templo foi purificado e rededicado a Deus, por isso Hanukkah também é conhecida como Festa da Dedicação.


Milagre


Ao entrarem no Templo, os judeus viram que a Menorah (candelabro de sete braços) estava apagada e precisava ser acesa novamente. Eles encontraram um pequeno cântaro de óleo sagrado suficiente apenas para um dia, porém, Deus fez um milagre e a vela permaneceu acesa durante oito dias, daí a origem do nome Festa das Luzes.


Celebre como os judeus celebram


Você, que tem a visão de Jerusalém, pode celebrar Hanukkah do jeito que os judeus celebram. Reúna sua família, utilize um candelabro de 9 de braços e todos os dias acenda uma das velas, da direita para a esquerda, até que todas estejam acesas. Fazendo isso, você estará cumprindo um memorial, relembrando o milagre que Deus fez no Templo e que significa, sobretudo, o milagre da Salvação por meio de Jesus.


Reacenda a chama da sua fé, alicerçada em Cristo, afinal, nosso Senhor e Salvador é a Luz do Mundo.


Hag Sameah! Feliz Hanuká!


Renê Terra Nova

21 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram