Jesus é a Graça personificado


“Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens.” (Tito 2:11)


Quando falamos da Graça, estamos nos referindo a que ou a quem? Jesus é a personificação da Graça, e nEle estamos todos completos. Até parece que a Graça é uma coisa adicional ao calvário. A manifestação da Graça é Cristo Jesus que, por misericórdia, assumiu cada um de nós, mesmo com as diferenças que temos e as limitações que possuímos. Os céus nos viram, assim como um dia o clamor dos filhos de Israel (filhos de Deus) chegou até aos céus e o Eterno enviou a Moisés. Um dia, o gemido da humanidade entrou nos ouvidos do Senhor e o plano do calvário se manifestou na terra dos viventes.


“E aconteceu, depois de muitos dias, que morrendo o rei do Egito, os filhos de Israel suspiraram por causa da servidão, e clamaram; e o seu clamor subiu a Deus por causa de sua servidão. E ouviu Deus o seu gem