O ensino do Evangelho LIMPO


Filipenses 1:18. Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda. - Bíblia


Leia esse texto pra compreender o que está acontecendo nesta geração, pois muitos estão confusos por falta de doutrina do Evangelho de Jesus.


Não existem dois evangelhos! Mas existe o “evangelho” da inveja, o evangelho da autointerpretação, o do autoconhecimento, o evangelho da proposta pessoal, das “exegeses” e “hermenêuticas” mais inaceitáveis, assim como o evangelho da conveniência, o evangelho dos desigrejados, o evangelho da IA (Inteligência Artificial – mentores da maldade)... Mas são válidos? Bem, um dia a ficha cai, as escamas são retiradas e a postura muda por causa da Palavra limpa. “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado.” (João 15:1-3)


O conselho de Gamaliel é que deixem os “Cristos” e seus “ensinadores” para que sejam provados com o tempo. Quando comecei meu ministério diziam que nosso prazo era de seis meses, pois era o evangelho fogo de palha e queimaria com o tempo. Até mesmo os que profetizaram, hoje, não só aceitam o ensino de Jerusalém, assim como, a maioria esmagadora dos críticos são meus discípulos. Já fizemos 30 anos. Por que? Porque o que você crê, respaldado na Palavra Limpa, no Evangelho de Jesus, no ensino que Paulo ministrou, de que a revelação do Evangelho puro só pode ser pregado por quem passou por uma poderosa transformação e, claro, o novo nascimento.


Observe essa palavra, o conselho para quem deseja ser o que não é e pregar o que não deve. “E, ouvindo eles isto, se enfureciam, e deliberaram matá-los. Mas, levantando-se no conselho um certo fariseu, chamado Gamaliel, doutor da lei, venerado por todo o povo, mandou que por um pouco levassem para fora os apóstolos; e disse-lhes: Homens israelitas, acautelai-vos a respeito do que haveis de fazer a estes homens, porque antes destes dias levantou-se Teudas, dizendo ser alguém; a este se ajuntou o número de uns quatrocentos homens; o qual foi morto, e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos e reduzidos a nada. Depois deste levantou-se Judas, o galileu, nos dias do alistamento, e levou muito povo após si; mas também este pereceu, e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos. E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará, mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus. E concordaram com ele. E, chamando os apóstolos, e tendo-os açoitado, mandaram que não falassem no nome de Jesus, e os deixaram ir. Retiraram-se, pois, da presença do conselho, regozijando-se de terem sido julgados dignos de padecer afronta pelo seu nome. E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar, e de anunciar a Jesus Cristo.” (Atos 5:33-42)_


Renê Terra Nova

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram