O Evangelho de Cristo e meu novo nascimento


“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” (II Coríntios 5:17)


Aquele que está em CRISTO tem a identidade do Reino. Quando eu estudava grego, na Faculdade Teológica (Seminário), essa conjunção “en-ev” ficou muito significativa. Em – quer dizer no centro do propósito, ou no CENTRO, no centro de, ou no centro para. Aquele que está no centro de Jesus, ou que Jesus está no CENTRO da vida dele; é uma pessoa nova. Nossa natureza não muda se Cristo não entra. Tenho levado as pessoas que vivem próximas de mim a ter uma experiência real na pessoa de Cristo. O Evangelho de Jesus é poderoso para gerar novas criaturas e trazer a vida de Deus para o CENTRO da vida delas. Você já observou que existem pessoas que são frequentes a Casa de Deus (Igreja), ou célula, reuniões e convicções, mas quando você mexe no caráter delas é visível que Jesus não está no CENTRO da vida delas e que ficam ofendidas quando ministramos a vida de Deus na direção delas?


Estar em Cristo é oportunizar a vida de Deus e ser a diferença na geografia que vivemos. Não é fácil reiniciar tudo por amor a Ele, mas é gratificante quando estamos próximos dessa proposta e vemos que não estamos sozinhos, mas melhorados e mudados pelo poder do Evangelho de Cristo. Você mesmo já experimentou isso, de se olhar e dizer: “Obrigado, Senhor, por eu não ser quem eu era e porque eu sei que eu não serrei que eu sou”. Estamos em uma crescente... De fato: Convém que Ele cresça e que eu diminua, como está escrito: “É necessário que ele cresça e que eu diminua. Aquele que vem de cima é sobre todos; aquele que vem da terra é da terra e fala da terra. Aquele que vem do céu é sobre todos.” (João 3:30,31). Ele está no domínio da situação e é um dos maiores presentes que um nascido de novo tem, pois a vida de Deus em nós é uma ideia dos céus para que aqueles que convivem conosco sejam beneficiados.


Aquele que diz que está nEle, também deve andar como Ele andou. “E nisto sabemos que o conhecemos: Se guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. “Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele. Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.” (I João 2:3-6). Como isso é possível? Através do decreto que Ele está no centro da minha vida. E como isso foi possível? Por causa do Evangelho de Cristo que não só me confrontou, mas me deu uma chance de ser completo nEle, pois a nova vida que eu tenho nEle, e por causa dEle, é uma abdicação dos meus direitos pequenos e mesquinhos, para que eu possa desfrutar das benesses que o calvário conquistou pra mim. Estar no CENTRO da vontade dEle, não me elimina das guerras e crises que o cristão passa, mas da certeza que, por Ele está no centro de todas as coisas, me ministra toda e qualquer segurança, de que estarei reinando com Ele lá na glória porque, por misericórdia e graça, Ele já veio da sua glória para reinar em mim. Ele está no CENTRO da nossa vida e fará toda e qualquer diferença para que eu possa lograr êxito em todas as minhas batalhas. Se eu confiar que, de fato, em todo propósito de vida, tem alguém no comando me deixando bem mais seguro. Porém, se eu crer que no propósito da minha vida ELE está no CENTRO de todas as coisas, o que eu poderei temer?!


Renê Terra Nova

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo