O Evangelho do Cristo - vivendo em santidade


Vou fazer algumas observações para os que nasceram de novo: Apesar de estarmos vivendo uma era extremamente diferente de tudo que já experimentamos, precisamos sentir algo, nós não somos daqui. Quem é do Céu sente nojo do mundo e saudades da sua casa. Quem está em confusão com o Evangelho se afasta do Céu e ama o mundo. A salvação de Deus na sua vida é para livrar você dos encantamentos e conectar você ao Reino e ao Rei, compreendendo a visão do Céu para viver na Terra como embaixador de Cristo. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” (II Coríntios 5:17-21)


Devemos manter o cuidado para não andar na obra da carne, sem ter as experiências do Espírito, levado ao redor por qualquer vento de doutrina. Você saberá que existem vozes que tentam nos seduzir, e não se confunda com elas! Voz da carne fala para a alma. Voz do sangue fala para o sangue. Voz da alma fala para a alma. Voz das emoções fala para as emoções. Voz do Espírito fala no seu espírito. Saiba discernir a voz do Espírito quando vem, pois aquele que nasceu de novo tem a conexão do Céu, e é um pedaço do Céu se movendo na Terra para viver pelo Evangelho do Cristo. Se nossa vida não criar esses impactos nos ambientes onde vivemos, não estamos cumprindo o chamado que Ele nos fez de sermos santos assim como o Pai é santo. “Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.” (I Pedro 1:14-16)


Criar ambientes que favoreçam o Evangelho de Cristo nas nossas vidas é um esforço que não compete a quem não tem experiências com Cristo Jesus. Porém, mortificar as obras da carne, com suas paixões, é um dever de quem experimentou a visão de Deus e está disposto a pagar o preço para ter uma vida irrepreensível. “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.” (Gálatas 5:24-26)


Renê Terra Nova

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram