top of page

O Evangelho do Reino e a Ordem de Jesus


“E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.” (Mateus 24:14)


O Evangelho do Reino é a expressão mais poderosa de se pregar uma palavra que promete libertação. Há uma ordem explícita: Preguem esse Evangelho em toda a terra; caso contrário o fim não vem! Quando Jesus ensinou sobre esse Evangelho, estava falando sobre a seriedade que as pessoas precisam levar a vida e não adotar a vulgaridade como conduta de relacionamento. Às vezes, nem mensuramos o tamanho da responsabilidade que é levar o Evangelho de Jesus aos perdidos e trazer a vida de Deus na geografia onde estamos plantados. Somos responsáveis pelo conteúdo de resultado no território onde vivemos, temos plena certeza de que nossa contribuição em resgate aos perdidos pode ser bem mais relevante. Se o Evangelho do Reino estiver moldando nosso caráter, teremos autoridade de cumprir a ordem de Jesus. “Que esse evangelho do REINO seja pregado em toda a terra”.


Agora, em que esse Evangelho do Reino nos desafia? Bem, podemos criar uma espécie de pregação aculturada, na qual, por alguns sentimentos, ou medos, não implantamos nem o Evangelho nem o Reino. O Evangelho do Reino, quando é ministrado com poder, a vida do Rei é anunciada na sua plenitude. Agora, como não temos cultura de Reino nem nos foi ensinado, muitas coisas não são assimiladas de maneira correta. Precisávamos ter uma base do que é o Reino. Olhando para Israel, somos desafiados a entender como funcionou a monarquia e como sobreviveu um reino com tanto êxito. Bem, algumas coisas precisam ser estudadas, como a Constituição do Reino (Bíblia), o escudo do Reino, as armas do Reino, os estandartes do Reino, as leis do Reino e as ordens do Rei, a chave do Reino e o acesso à porta do Reino.


Nada poderá ser negociado. Aculturaram muitas coisas que despersonificou as verdades do Reino e trouxeram maculações nos seus valores. O Reino é uma proposta de Jesus para quebrar a hegemonia do inimigo e estabelecer o princípio do Rei. Muitos se adequaram a um sistema teleguiado por Satanás para extrair a verdade do pensamento de Jesus acerca do Reino e seu Rei. Toda cultura contrária precisaria ser demolida para que os assuntos do Rei se consolidassem. Essas verdades ensinadas por Jesus não podem ser subestimadas: “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.” (Mateus 24:14)


Renê Terra Nova

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page