top of page

O Homem de Dores soube ler a minha alma


“Oh! Se eu pudesse consolar-me na minha tristeza! O meu coração desfalece em mim.” (Jeremias 8:18)


Quem pode interpretar a dor do outro? Só quem está dentro do problema poderá mensurar o tamanho do seu sofrimento. Por isso, Jesus é celebrado e admirado como o Líder que se importa, por compreender a dor do outro e saber ler a angústia de alma dos sofridos. Muita gente tem vivido um verdadeiro inferno, tendo a alma em tormentos diários e sem saber como conduzir essa dor e ser livre dessas ciladas de alma. Precisamos de empáticos do sofrimento humano para levar uma palavra e, claro, o bálsamo da mensagem da Cruz, pois o Homem de Dores conseguiu traduzir essa dor em um grito de vitória: “PAI, está consumado!”. “E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.” (João 19:30)


Nós que possuímos uma experiência de alívio de alma e cura das nossas dores, conhecemos o poder do Evangelho e a importância de ministrar a outros essa verdade que está em nossas vidas. Quando o Senhor tomou essa minha dor, me deu o direito de viver a vida que Ele conquistou no Calvário. Somos hoje privilegiados por ter essa bênção de libertação e a vida de Deus na nossa essência. O problema é que por não assimilarmos o tamanho do milagre que foi conquistado, ficamos atônitos quando o entendimento abre e conhecemos o direito dos favores que Jesus conquistou por cada um de nós.


“Ele levou pessoalmente todos os nossos pecados em seu próprio corpo sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e, então, pudéssemos viver para a justiça; por intermédio das suas feridas fostes curados.” (I Pedro 2:24)


A dor de uma pessoa tem níveis diferentes, não subestime uma alma ferida, se você não pode ajudar, não atrapalhe essa pessoa que está precisando de socorro. Quantas vezes, por falta de habilidade, muitos de nós atrapalhamos mais do que ajudamos aqueles que estão carentes?! Se você não pode dar sua parcela de ajuda, peça licença, mas não bloquei o processo de socorro para os que estão gritando e sangrando nas avenidas da alma. Agora, como o Homem de Dores comprou essa missão na Cruz, cada um de nós que crê pode desfrutar dessa conquista extraordinária. Vamos desfrutar do que Ele fez, mas não vamos negar a parcela para aqueles que estão esperando de nós uma palavra de vida, porque alguns dizem: “Eu não vou perder meu tempo com ninguém!”.


“Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” (I Coríntios 15:57,58)


Renê Terra Nova

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page