O Poder de Servir



"Quem me serve precisa seguir-me; e, onde estou, o meu servo também estará. Aquele que me serve, meu Pai o honrará". João 12:26


Me encontrando no chamado para servir


Hoje não está fácil encontrar pessoas que estejam disponíveis em servir. Um espírito de competitividade entrou na sociedade e não encontramos voluntariedade nem no secular nem no eclesiástico para servir o povo e a Deus. O egoísmo tomou conta desta geração e muitos conceitos humanistas configuram o caráter do povo. Não é um pecado não servir, mas esconder o dom leva muitos a não cumprirem o propósito e a insatisfação vai fazer parte do histórico desses queridos.


Servir é um DOM e não é comum


A disponibilidade de colocar à disposição os dons e talentos não é para qualquer um. Inclusive, no M12, a questão de muitos não terem sucesso no discipulado é devido essa falta de vontade de servir o próximo. Não estou julgando nem acusando ninguém, mas a escassez de voluntariedade está presente em todos os lugares, e a pergunta básica é: Por que estamos vivendo essa dificuldade em servir? Vou dar alguns diagnósticos dentro da questão sociológica que afetou o comportamento sócio-eclesial.


Eu trabalho com intensidade sem esperar o retorno, mas a lei da recompensa não falha na vida de quem semeia. Quem semeia tempo colhe resultados de abundância, depois lhe explicarei o porquê. Não resolve estar na Casa do Senhor “trabalhando” para Ele e com o coração pesaroso e trazendo angústia pessoal. É melhor não servir, isso é mais honesto do que estar murmurando e amaldiçoando a própria vida, por não saber como se comportar nesse processo.


"As vossas palavras foram agressivas para mim, diz o Senhor; mas vós dizeis: Que temos falado contra ti? Vós tendes dito: Inútil é servir a Deus; que nos aproveita termos cuidado em guardar os seus preceitos, e em andar de luto diante do Senhor dos Exércitos? Ora, pois, nós reputamos por bem-aventurados os soberbos; também os que cometem impiedade são edificados; sim, eles tentam a Deus, e escapam. Então aqueles que temeram ao Senhor falaram frequentemente um ao outro; e o Senhor atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram o Senhor, e para os que se lembraram do seu nome. E eles serão meus, diz o Senhor dos Exércitos; naquele dia serão para mim joias; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve. Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve.” (Malaquias 3:13-18)


Há uma diferença visível entre aquele que serve a Deus, se dedica ao Seu Reino e caminha nos Seus decretos e aqueles que são indiferentes e não funcionam na Casa do Senhor nem plantam sementes de fidelidade no servir na Casa de Deus. Quer uma diferença? Olhe para seus colegas de infância, adolescência, juventude e da sua maturidade, veja a sorte deles. Olhe para alguns familiares, alguns até que zombaram ou ignoraram sua forma de servir a Deus. Faça uma análise das pessoas com quem você conviveu e veja a diferença entre eles e você, inclusive na descendência biológica e espiritual. Como Deus foi Fiel em todos os seus caminhos. Qual a diferença entre os que servem e os que ignoram? Quando você serve na Casa de Deus, está plantando uma semente para a eternidade.


Renê Terra Nova

17 visualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

sempreservo12@

yahoo.com.br

(92) 98114.1212

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

©2020 by Renê Terra Nova

Av. Coronel Teixeira, 5001, Ponta Negra, Manaus,

Amazonas - Brasil