Proteja sua geografia espiritual (3)


“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo! Conforme a sua grande misericórdia, ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.” (1 Pedro 1:3)


Quem é o maior responsável pela sua geografia espiritual? Você respondeu corretamente: “SOU EU MESMO!”. Então, a minha pergunta é: O que você tem colocado dentro de você? O que alimenta o seu espírito? Você dirá: “Palavra, oração, jejum, comunhão com Deus”. Sim! Tudo isso é teórico nos nossos lábios, mas o que, de fato, temos feito? Eu confio muito quando alguém foi regenerado em Cristo Jesus, e se responsabiliza com sua vida espiritual. Quando você acorda pela manhã, você pega sua Bíblia ou o celular? A nomofobia tem tomado conta das mentes e roubado o precioso tempo que nos custa tão caro.


É provado que a maioria das pessoas se conecta ao celular antes de escovar os dentes e muito antes de fazer suas obrigações primárias. Não é diferente com a vida em Cristo, e com o déficit de devocionalidade, porque as pessoas estão mais conectadas com sua performance social do que com sua identidade espiritual. Eu sou responsável por isso, minha construção espiritual não pode ser competida com a mente do mundo. “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca. Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo jaz no maligno.” (1 João 5:18,19)


Essa é nossa responsabilidade, ninguém poderá fazer por mim nem por você. Por isso, quando estamos dando enfoque à geografia da nossa responsabilidade, estamos nos referindo à vida no espírito; viver em espírito e não cobiçar a obra da carne. Que o Senhor nos dê muita graça e nos faça responsáveis por esse conteúdo espiritual, pois nem observamos que estamos sendo roubados da mais alta patente que alguém pode ter:


Um santo homem de Deus. Se redisciplinar a ler a Bíblia e trazer o conteúdo da vida de Deus para dentro de nós não é fácil, por isso essas devocionais ajudarão você a monitorar sua intimidade com o Senhor e lhe ministrarão ajuda para que você seja lembrado da sua responsabilidade de intensidade com Ele. Não porque eu e você sejamos bonzinhos, mas por gratidão pelo que Ele fez por nós. O que Ele fez por nós? “Não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito Santo.” (Tito 3:5)


A nossa responsabilidade é grande, mas no entendimento da nossa regeneração que, de fato, temos, nos dá a visão ampla de uma outra vida. Uma pessoa verdadeiramente regenerada tem o prazer de lidar com as coisas espirituais com intensa responsabilidade, e de levar a vida de Deus em afinco, afinal, possui uma outra natureza e não está regida pela mente desse mundo, o governo do Senhor está sobre a sua vida e seu espírito folga de alegria.


Você sabe que nós temos um padrão, governado por uma nova natureza que nos faz decidir entre o bem e o mal. Somos responsáveis pela qualidade de vida espiritual que possuímos. “Mas vós não aprendestes assim a Cristo, que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; e vos renoveis no espírito da vossa mente; e vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.” (Efésios 4:20-24)

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram