top of page

Proteja sua geografia espiritual (6)


“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo! Conforme a sua grande misericórdia, ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.” (1 Pedro 1:3)


A falta de respeito do ser humano por si próprio é tão escandalosa que alguns brincam com suas próprias vidas. Não é fácil manter um comportamento ilibado nem manter a chama do avivamento acesa, como vimos na devocional anterior, mas é possível. A mente, uma vez transformada, o mundo não pode reformatá-la, pois a semente do Evangelho é tão poderosa que muda radicalmente nossas vidas. Uma pessoa afastada de Deus vive no confronto diário das suas próprias atitudes, não precisa de “ninguém” para lembrá-lo de onde veio, pois a semente de Deus, dentro dela, já faz esse trabalho. A semente é usada para explicar muitas verdades na Bíblia.


A semente é uma coisa pequena, mas quando cai em solo fértil se transforma numa planta grande e viçosa. Da mesma forma, a Palavra de Deus cresce dentro de nós, aumentando nossa fé. _


“Ele prosseguiu dizendo: O Reino de Deus é semelhante a um homem que lança a semente sobre a terra. Noite e dia, estando ele dormindo ou acordado, a semente germina e cresce, embora ele não saiba como. A terra por si própria produz o grão: primeiro o talo, depois a espiga e, então, o grão cheio na espiga. Logo que o grão fica maduro, o homem lhe passa a foice, porque chegou a colheita.” (Marcos 4:26-29)


Somos resposta de uma semente plantada no nosso espírito (1 Pedro 1:23) e a mente é resultado de todas as sementes que acessam à geografia da alma. O homem regenerado que somos é exatamente resultado dessa semente maravilhosa que eclodiu dentro de nós e nos fez uma outra criatura para o Reino (2 Coríntios 5:17). A semente tem um propósito: “A semente também é um sinal vivo da morte e ressurreição de Jesus. Assim como a semente tem que morrer para trazer mais vida, Jesus morreu e foi sepultado, mas ressuscitou no terceiro dia. Sua ressurreição trouxe muitos frutos, salvando muitas vidas”. Se essa semente não fosse plantada, nós não seríamos regenerados. Jesus disse:


“Porque a fé que vocês têm é pequena. Eu asseguro que, se vocês tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, poderão dizer a este monte: Vá daqui para lá, e ele irá. Nada será impossível para vocês.” (Mateus 17:20). Certo dia, conversando com um pai que os filhos estavam em uma rota perigosa, ele me disse:


“Meu pastor, fique tranquilo, a semente que plantamos no coração germinará a seu tempo e, com certeza, essas vidas vão nos dar muitas alegrias”. Fiquei refletindo na confiança daquele pai em ver os filhos fora da vontade de Deus... Três anos depois, esses filhos estavam no Reino, e se tornaram líderes incríveis na Casa do Senhor. A semente, uma vez plantada, cumpre seu destino. Com certeza, você lembrou de alguém que não está na rota certa, mas, ativando a sua fé, eu quero lembrar a você a promessa de que esses voltarão para o Reino, e os que estão débeis na fé serão fortalecidos, para que o propósito se cumpra. As sementes, uma vez plantadas, e sendo adequadamente vigiadas, vão eclodir e, na hora certa, veremos os resultados: Frutos que são dignos de arrependimento.


É muito séria a questão da autorresponsabilidade, pois nós temos o DEVER de proteger nossa geografia espiritual, não podemos subestimar a nova natureza. Embora Jesus tenha nos blindado de tantas ciladas, precisamos ser arautos da nossa própria história cristã. Somos filhos do Deus Vivo, somos resposta viva para uma geração morta, assim como Jesus é o fruto da semente plantada no solo, e nos ensina que somos o melhor solo para o Senhor plantar suas sementes e colher seus frutos. Veja:


“Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto. Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna. Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.” (João 12:24-26). Repito: Somos uma esperança para esta geração, pois se nós não levarmos a Boa Notícia, quem o fará? E se não formos ministradores da semente regeneradora, quem irá por nós?


Existe uma gama de gente que não se respeita e não está disposta a pagar um preço pela transformação, não porque não seja capaz de melhorar sua qualidade de vida, mas porque sem a semente viva no solo do espírito não há regeneração, e todo esforço humano se tornará em nada. Mas, com a semente lançada na geografia da alma, com certeza, viveremos em um ambiente onde a natureza de Deus governará todos que ali estiverem inseridos.

122 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Glória a Deus

Like

Davidson Max
Davidson Max
Mar 07, 2022

Gloria a Deus , aleluia.

Like
bottom of page